Connect with us

Hi, what are you looking for?

Interior

Projetos de educação empreendedora auxiliam índices do Ideb em Jaru

Rondônia, apesar da evolução na educação nos últimos anos, ainda está abaixo do ideal, de acordo com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), que avalia o desempenho da educação básica no Brasil. Em 2019, a meta para o ensino médio de Rondônia era de 4.8, porém, a nota final foi de 4.3.

Mesmo com média baixa em nível nacional, Rondônia tem vitórias internas, e um dos exemplos vem de Jaru, que cresceu 0,2 pontos no ensino básico nos últimos 2 anos. A média final do município foi de 5.9 pontos no Ideb de 2019. O resultado mostrou um grande avanço, trazendo o município do 27º para o 8º lugar no ranking estadual.

“Para chegar a esses resultados positivos, o município contou com várias ações, incluindo a parceria com os gestores e professores da rede municipal, o Sistema Aprende Brasil de ensino, que disponibilizou uma apostila preparatória para os alunos, as famílias, a capacitação da Formação Continuada da BNCC, os projetos JEPP e Educação para o Futuro, realizados pelo Sebrae em Rondônia”, afirma Maria Emília do Rosário, Secretária de Educação de Jarú.

O projeto Educação para o Futuro reforça os conteúdos de Português, Matemática, Educação Financeira e Cooperativismo nas escolas da rede municipal de ensino nos 52 municípios, e o projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) agrega conteúdo de empreendedorismo do 1º ao 9º ano. Em 2019, através do JEPP, foram capacitados 51 professores de 10 escolas de Jaru, que levaram Educação Empreendedora a 1.561 alunos de 89 turmas..

“Esses números expressivos mostram a importância dos projetos realizados pelo Sebrae para o desenvolvimento da educação do nosso estado, especialmente, o JEPP; pois, o trabalho do JEPP visa, primeiro, despertar uma nova mentalidade, que é a mentalidade empreendedora, e através dela se melhora o trabalho da educação formal no município, promovendo a interação entre a escola, famílias e a comunidade. Quero agradecer ao prefeito João Gonçalves e à professora Maria Emília do Rosário, Secretária de Educação, pela oportunidade que deram ao Sebrae para a implantação da Educação Empreendedora no município”, ressalta Daniel Pereira, Superintendente do Sebrae em Rondônia.

A nota do Ideb vai de 0 a 10, e leva em conta alguns critérios fundamentais, dentre eles: a metodologia pedagógica aplicada em sala de aula, o desempenho dos alunos, frequência, cumprimento dos dias letivos e o desempenho nas disciplinas de português e matemática.

SEBRAE

Faça um comentário

Você pode gostar

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...