Connect with us

Hi, what are you looking for?

Capital

Projetos de esporte e lazer da Prefeitura retornam com atividades virtuais

Após mais de um ano com aulas suspensas por causa da pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Porto Velho está retomando os projetos Viver Ativo e Viva Bem. Outro programa, Talentos do Futuro, voltará em junho com atividades presenciais reduzidas.

Os dois projetos estavam com as atividades suspensas desde março de 2020 em razão das restrições de circulação impostas para conter a pandemia de Covid-19. As aulas voltarão apenas no formato virtual. “Queremos garantir a segurança dos alunos, evitar aglomeração, e, ao mesmo tempo, garantir o retorno às atividades físicas”, destaca Sílvio Ricardo, diretor de Esporte e Lazer da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes).

O início das “lives” está marcado para o dia 20 de maio. A secretaria conciliará, de segunda a sexta-feira, aulas gravadas e encontros virtuais, disponibilizados nas plataformas e redes sociais da Semes.

PROJETOS

Silvio Ricardo, diretor de esporte e lazer

O projeto Viver Ativo é voltado para o público da terceira idade. Com as aulas virtuais, continuam as atividades de alongamento, flexibilidade, exercícios de respiração e fortalecimento e correção postural.

Antes da pandemia, essas atividades eram feitas presencialmente em três pontos da cidade: no Centro de Convivência do Idoso, no CRAS Dona Cotinha e na Associação de Moradores do Bairro Esperança da Comunidade.

Já o projeto Viva Bem atende a todas as faixas etárias com aulas de alongamento, fortalecimento muscular e danças. Segundo a Secretaria, as aulas de dança atraiam mais de 200 pessoas por dia.

“Como o público está muito disperso durante a pandemia, optamos por gravar aulas durante a semana e fazer um encontro virtual ao vivo toda sexta-feira para ir estimulando a retomada do ritmo anterior”, explica a professora do projeto, Isa Dias.

TALENTOS

Isa Dias, professora do Projeto Viver Bem

Para o próximo mês, a Semes já estuda a retomada gradual e presencial do programa Talentos do Futuro. É o trabalho que envolve crianças e adolescente, de 6 a 16 anos, em modalidades como futsal, voleibol, handebol, basquetebol, capoeira, taekwondo, xadrez e natação.

Inicialmente, a secretaria planeja trabalhar com cinco alunos por quadra para evitar aglomeração. O objetivo é aumentar o contingente de alunos de acordo com as novas regras de flexibilização para o convívio social.

Ao todo, mais de 1.200 alunos estão inscritos nas modalidades esportivas, que são oferecidas no Parque Aquático Vinícius Danin, bairro Cuniã; ginásio poliesportivo Eduardo Lima e Silva – Dudu, na avenida Jatuarana, bairro Cohab; quadra poliesportiva do bairro Três Marias, rua Atlas; e quadra poliesportiva no Bairro Esperança da Comunidade.

Assessoria

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga balanço...