PSL cogita futuramente lançar Joice Hasselmann para a Presidência da República | O Rondoniense %
politica

PSL cogita futuramente lançar Joice Hasselmann para a Presidência da República

Joice Halsseman
Above

Segundo o deputado Junior Bozzella, a ex-líder do governo “é conservadora, mas moderada” e representa a “ala equilibrada” do partido

Após o racha que se formou no PSL  o partido do presidente Jair Bolsonaro, a sigla cogita lançar a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) à Presidência da República, no lugar do atual chefe do Executivo. A informação é da Folha de S.Paulo.

A parlamentar tem protagonizado discussões acaloradas com Bolsonaro e os filhos dele: o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

Segundo o deputado Junior Bozzella que tem sido o porta-voz do presidente do PSL, Luciano Bivar , a intenção não interfere no mandato de Bolsonaro. “O presidente prometeu na campanha que não disputará a reeleição. A Joice, portanto, é o nome ideal. Ela é bolsonarista, mas não olavista [da ala ligada ao escritor Olavo de Carvalho]. É conservadora, mas moderada”, disse.

“Contra radicais”

Bozzella ainda teceu outros elogios à deputada: “Joice representa a ala equilibrada e inteligente do PSL, contra os xiitas e radicais. É a direita do bem, que é liberal na economia, mas não ataca as mulheres e os diferentes”.

Segundo o parlamentar, Joice ainda não aceitou a proposta. “O projeto dela é ser prefeita de São Paulo, mas estamos conversando para convencê-la”, declarou o deputado.

Joice Hasselmann diz que país “precisa de uma direita de verdade”

A então ex-líder do Governo no Congresso Nacional deputada federal Joice Hasselmann (SP) recentemente usou a conta pessoal do Twitter, para disparar contra um ex-aliado após ser chamada por ele de “traidora”. As munições tiveram como alvo o ativista de direita e autodenominado conservador Leandro Ruschel, empresário no ramo de investimentos, que avaliou como “suicídio político” o fato de a congressista ter assinado o pedido de expulsão do correligionário Eduardo Bolsonaro (SP)

“Traição? Quem trai o povo é quem usurpa o Estado brasileiro, usa cargos como moeda de troca, dá golpe em partido, engana quem acreditou em mudança. O Brasil precisa de uma direita de verdade. Alguém tem q se preocupar com o país enquanto puxa-sacos pseudo intelectuais fingem cegueira”, disparou.

O bate-boca entre os que ajudaram a eleger o presidente Jair Bolsonaro (PSL) rendeu participação de seguidores na plataforma digital. “Tô adorando essa treta de vocês… Continuem”, registrou um perfil

“Joyce, você caminha a passos largos pra se tornar uma Gleise (sic) Hoffmann. Agravante. Gleise, apesar de todos os desvios de caráter e ambição desmedida, é leal. Você carimbou na testa o X9 e nem nos presídios se tolera traíras”, escreveu outro internauta.

“Todos deveriam refletir sobre a vaidade. O Brasil tem urgência e o ego dos políticos atrasam nosso país”, avaliou um apoiador de Bolsonaro.

  • FONTE

https://www.metropoles.com/

Below