Connect with us

Olá, tudo bem? O que você está pesquisando?

Brasil

Rio lidera infecção por covid no ano e Paes diz que pode retomar medidas restritivas

Prefeito Eduardo Paes reconhece a situação de descontrole para o novo coronavírus, embora não se reflita no número de vítimas fatais para a doença

CorreioBraziliense

Considerado epicentro da variante delta do novo coronavírus no Brasil, o estado do Rio de Janeiro dá os primeiros sinais de que sofre com as consequências da disseminação de uma variante considerada “preocupante” e “perigosa” pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A situação é mais grave na capital, que tem hoje o maior número de pessoas com covid-19 em todo o ano de 2021. O aumento brusco de casos não se refletiu no número de mortes, mas as autoridades temem que isso ocorra nas próximas semanas.

Ontem (20/8), a preocupação foi exposta pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, durante a divulgação do boletim epidemiológico. “Estamos com o maior número de pessoas com covid-19 em todo o ano de 2021 e esse dado é muito preocupante. Felizmente, ainda temos uma queda no número de óbitos, mas a gente sabe que essa doença tem um ciclo. A pessoa pega, demora alguns dias para agravar, e se a coisa se complicar, demora mais alguns dias para vir a óbito”, disse.

A estabilidade no número de mortes visto nas últimas semanas epidemiológicas pode ser também reflexo da imunização, que avançou na capital carioca. Ontem, o Rio de Janeiro atingiu 73,1% da população total com ao menos uma dose da vacina. Mesmo assim, a cidade enfrenta problemas na imunização. Sem receber mais doses de imunizante contra a covid-19, o município suspendeu a repescagem da aplicação para o grupo de 20 a 30 anos que estava programada para acontecer hoje.

O Rio ainda reflete outro desafio na imunização contra a covid-19: o de encontrar pessoas que não voltaram aos postos de saúde para completar o esquema vacinal com a segunda dose. O estado é o segundo do Brasil com mais pessoas com a aplicação adicional atrasada. São 1,06 milhão de moradores que não completaram o ciclo. O primeiro é São Paulo, com 1,69 milhão de pessoas atrasadas para completar a proteção contra o novo coronavírus.

Revacinação

No Brasil, ao todo, 8,5 milhões de pessoas não voltaram às salas de vacinação. Desde o último anúncio feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em 10 de agosto, o número aumentou em 1,5 milhão de pessoas. Na ocasião, ele informou que 7 milhões estavam atrasados para tomar a segunda dose.

O Ministério da Saúde reforça que apenas com as duas aplicações se garante a maior efetividade no combate à covid-19. E por causa da disseminação da variante Delta, mais transmissível que as outras, a segunda dose torna-se fundamental. “É importante ressaltar que todos os agentes imunizantes disponíveis para aplicação no Brasil são eficazes contra a nova cepa, principalmente nas formas mais graves da doença”, assegurou o ministério.

A situação da capital do Rio reflete o que acontece no estado — único da Federação que teve aumento da incidência e mortalidade da covid-19 nas últimas duas semanas epidemiológicas concluídas, entre 1º e 14 de agosto, de acordo com o boletim do Observatório Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A alta no número de casos veio acompanhada pela subida na ocupação dos leitos hospitalares da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para adultos com covid-19. “O estado do Rio de Janeiro é uma exceção, apresentando aumento no indicador pela terceira semana consecutiva e voltando a atingir o patamar de 70%, o que não ocorria desde meados de junho”, diz o levantamento da Fiocruz.

CorreioBraziliense

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Brasil

Em 09 de julho de 2020 o senador Randolfe fez uma live com seus heróis médicos, que salvaram muitas vidas no Amapá usando um...

Contraponto

[Tendo em vista (i) o impacto dos acontecimentos recentes na França e (ii) a profundidade da análise feita por Theodore Dalrymple, peço licença a...

Destaques

Em 13 de setembro de 1943, foi criado o Território Federal do Guaporé, pelo então presidente do Brasil, Getúlio Vargas. A política do Estado...