Rondônia

Rondônia adere à estratégia de Busca Ativa Escolar do Fundo das Nações Unidas para a Infância

Foto: Edcarlos Carvalho

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), lança nesta terça-feira (20), às 16h, a adesão à estratégia de Busca Ativa Escolar do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) com o tema, “Fora da escola não pode!”.

A tática acontece em parceria com o Ministério Público do Estado de Rondônia (MP), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e será transmitida pelo canal da Mediação Tecnológica Rondônia.

Por meio da plataforma social gratuita acessível, agora, o Estado de Rondônia pode realizar o trabalho de identificação e controle de estudantes que estão afastados, por algum motivo, da escola.  Gestores das redes estadual e municipal de ensino terão acesso ao programa  e poderão através de áreas como educação, saúde, assistência social atuar para a eficiência deste projeto que culmina, basicamente, na identificação, matrícula ou rematrícula do estudante.

De acordo com Kary Jean Falcão, chefe do Núcleo de Planejamento e Avaliação Externa, através da Busca Ativa Escolar, municípios e estados terão dados concretos que possibilitarão planejar, desenvolver e executar políticas públicas que contribuam para a inclusão escolar.

A ferramenta funciona com o acesso de ‘agentes comunitários’ que buscam saber a situação daqueles que estão fora dos estabelecimentos educacionais, coletando as informações básicas sobre as causas que contribuíram para que estes se evadissem da escola ou que nunca frequentaram.

“Com base na notificação destes dados, a plataforma ‘Busca Ativa Escolar’ produz sinal de alerta às Secretarias Municipais de Educação dos 52 municípios do Estado indicando a necessidade de medida para que estas crianças e adolescentes sejam (re)matriculados, seja na rede municipal, seja na estadual”, complementa, Kary Jean Falcão.

Seduc