Destaques Rondônia

Rondônia pode chegar mais de 197 mil casos acumulados em 7 de junho, caso o isolamento social não seja respeitado

Foto: Silvio Avila/AFP

O Governo do Estado de Rondônia divulgou um painel informando o suposto número casos acumulado de pessoas com Covid – 19, caso as orientações de isolamento social não sejam respeitadas.

A estimativa da Secretária de Estado da Saúde (Sesau), foi realizada através dos dados oficiais do Governo para a realização do Plano de Ação – Todos por Rondônia. Segundo o levantamento, o estado irá atingir 197.912 casos acumulados de Covid – 19, ou seja, quantitativo total de pessoas que pegaram a doença desde do primeiro caso de coronavírus, no dia 20 de março de 2020. O Estado acredita que no dia 21 de agosto, esse número praticamente irá dobrar com 375.788 casos. Veja:

Para que essa estimativa não chegue a este resultado, o secretário Fernando Máximo solicita que a população respeite as regras de isolamento social, e que as pessoas que precisam trabalhar continuem tomando todos os cuidados de prevenção como uso de máscaras e álcool em gel.

Governador faz um alerta sobre ocupação total dos leitos de UTI para o dia 4 de junho

Em vídeo divulgado no final da noite de domingo (24), o governador de Rondônia, Marcos Rocha, fez um alerta à população sobre o crescimento dos casos de coronavírus em Rondônia.

De acordo com Marcos Rocha, pelos estudos que se tem feito, se os números continuarem a crescer, até dia 4 de junho, 100% dos leitos hospitalares de UTI estarão ocupados por pacientes infectados por coronavírus, que o Estado está correndo contra o tempo para aumentar o número de leitos.

“Até dia 31 de maio, o Estado vai garantir a abertura de mais 35 leitos, número que garantirá a sobrevida de vagas por alguns dias, mas que poderá não ser suficiente”, diz

Marcos Rocha inda fala que os próximos dias serão fundamentais para conter o avanço de infectados, é é necessário que as pessoas respeitem as regras de isolamento social para evitar o estrangulamento  das vagas de UTI.

“Eu peço, me ajudem nessa crise. Tem muita gente hoje, infelizmente, fazendo política em cima do coronavirus. Não estou preocupado com reeleição, não sei se serei candidato lá na frente. Estou preocupado em passar por essa crise”.

Durante pronunciamento, Marcos Rocha, informou ainda que optou por não decretar o lockdown porque acredita que não iria trazer algum benefício para a sociedade, pois também temos que pensar no nosso comércio.

“Mesmo que eu não faço o lockdown, é importante a necessidade de aumentar o distanciamento social da população, através da adoção de regras básicas como ficar em casa, higienização de mãos, uso de máscara, manter distância de dois metros das pessoas, dentre outros cuidados”.

Veja o vídeo:

Todos por Rondônia

Posted by Coronel Marcos Rocha on Sunday, May 24, 2020

Os maiores índices de contaminação está na Zona Sul de Porto Velho

O estado de Rondônia já atingiu 3.268 casos confirmados. Na capital do estado concentra o maior número de pessoas que foram contaminas pela doença com 2.445 casos e entre os bairros com a maior concentração é o Cohab com 92 casos, seguido do bairro Nova Floresta com 77 casos e Castanheira com 64 casos, todos da Zona Sul da cidade.

Na Zona Norte, o bairro com maior concentração é o Aponiã com 72 casos, seguido o bairro Nova Porto Velho com 64 casos.

Na zona Leste, dois bairros  lideram os casos. Um é o bairro Socialista com 57 casos seguido com o bairro Igarapé com 54 casos.

Busca de atendimento nas UPAs é precário

Diversas reclamações são feitas por pacientes de coronavírus por falta de atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da cidade de Porto Velho.

Entre as diversas reclamações está ineficiência do atendimento à saúde de pessoas com coronavírus, tanto por falta de profissionais quanto pela falta de celeridade no atendimento de pessoas que chegam nas unidades passando mal.

Entre as diversas pessoas que chegam nas UPA’s, a coordenadora Geral da ONG Kanindé, Ivanete Bandeira Cardozo, fala sobre o atendimento não recebido na Unidade da Zona Sul de Porto Velho.

Nesta segunda – feira (25), Rondônia registrou 3.268 casos confirmados de coronavírus, 121 óbitos e 933 pessoas recuperadas.