CapitalRondônia

Rondônia quer expandir Infovia e atrair municípios para parcerias

A Superintendência do Estado para Resultados (EpR) ajusta o projeto Infovia para sua expansão a todos os municípios de Rondônia. As mudanças serão implementadas e planejadas para atual gestão. Nesta quinta-feira (13) o superintendente Coronel Delner Freire vai se reunir com representantes da Secretaria Municipal de Educação de Porto Velho (Semed) para tratar do projeto.  A reunião vai acontecer no Palácio Rio Madeira.

O superintendente destaca que na expansão do projeto, o Governo de Rondônia pretende levar a Infovia para escolas, hospitais e repartições públicas dos municípios. “Hoje a Infovia interliga hospitais, escolas, unidades de segurança e unidades administrativas do Estado, além de ter parceria com órgãos externos à administração direta”, fala Delner.

A Infovia tem como objetivo interligar unidades organizacionais do poder público por meio de uma rede de alta disponibilidade e velocidade. Sua aplicabilidade traz benefícios na saúde como, visualização de exames e prontuários, interação em tempo real por teleconferência. Na segurança, no comando e controle para gestão de emergências, vigilância inteligente, temporizadores de semáforos. Assim como na educação com, conexão wi-fi para alunos e professores, conteúdos digitais online, comunicação entre escolas e pais e educação a distância.

Segundo Hudyson Barbosa, diretor executivo de Tecnologia, Informação e Comunicação (Detic), “o trabalho da nova gestão é levar a expansão para Rondônia com a parceria dos municípios. Nos interessa que assim como a prefeitura de Porto Velho nos procurou para essa parceria, que outros municípios também se interessem pelo projeto. Com esse avanço da Infovia, o Estado aumenta seu parque tecnológico e gera emprego e renda”, afirma.

Além da capital rondoniense, o projeto está em funcionamento em Ariquemes e Candeias do Jamari. Com aplicação da Infovia, o projeto precisa de melhoria contínua na sua manutenção. No mês de abril o governador Marcos Rocha sancionou um crédito adicional suplementar de R$3,1 milhões.

O governo utiliza a Infovia para tráfego de dados gerados e emitidos em todas suas repartições públicas. Sem o crédito adicional, o tráfego de dados entre setores como Sesau, Seduc, Delegacias, Quarteis da PM e outros órgãos sofreriam pane.

Comentários

Fonte
Texto: Maximus VargasFotos: Daiane Mendonça e Arquivo SecomSecom - Governo de Rondônia
Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios