Capital Rondônia

Semasf recebe relatório dos trabalhos com indígenas venezuelanos e migrantes

Em reunião de trabalho realizada na manhã desta sexta-feira, a secretária adjunta municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), Ana Maria Negreiros, recebeu o relatório que apresenta os resultados das observações e ações realizadas pela Semasf junto aos indígenas venezuelanos Warao, na cidade de Porto Velho. A equipe que elaborou o relatório é composta por profissionais da Semasf, Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia – IFRO.

A professora Marília Lima, da Unir, explicou que “o relatório está sendo entregue a Semasf para se fazer as mudanças necessárias e depois a versão final será apresentada como prestação de contas com a sociedade, mostrando o trabalho que a Semasf realizou com assessoria nossa, da Unir e do professor Geraldo Contiguiba, do Ifro”.

“Esse relatório também aponta algumas políticas práticas que podem ser realizadas para atender a população migrante, tanto de indígenas como não indígenas venezuelanos, porque já sabemos que Rondônia hoje é um lugar de circulação e passagem de migração, então ele também vai apontar pra políticas e trabalho que poderão ser realizados neste ano”, completou a professora Marília Lima.

“Reunimos com os professores da Unir e Ifro, nossa equipe de abordagem e nossa equipe da Proteção Social Especial. Todos eu agradeço, que não mediram esforços e não medem para fazer um atendimento digno, de carinho, de atenção a esses migrantes que tanto necessitam. É uma determinação do prefeito Hildon Chave, esse olhar diferenciado da Semasf aos migrantes que estão chegando em Porto Velho”, disse a adjunta, Ana Maria Negreiros.

Comdecom