Capital Justiça Rondônia

Seminário promovido pela Emeron é adiado em razão do protocolo do coronavírus

O seminário contra a violência de gênero “Todo dia é dia da mulher viver sem violência”, promovido pela Emeron, que aconteceria nesta segunda-feira, 16 de março, no auditório do edifício-sede do Tribunal de Justiça, foi adiado em razão do protocolo adotado pelo Poder Judiciário de Rondônia para conter a proliferação do coronavírus (Covid-19).

Em nota, o diretor da Escola da Magistratura de Rondônia, desembargador Miguel Monico, esclarece que, pelo número de participantes, o adiamento temporário se tornou inevitável diante dos riscos de propagação da doença.

Abaixo a nota na íntegra:

Caríssimos, 
Diante dos protocolos nacional, emitido pelo Ministério da Saúde, e interno, exarado pela Presidência do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO), que visam conter a proliferação do Coronavírus (Covid-19), que foi decretado como Pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a Escola da Magistratura do Estado de Rondônia (Emeron), se vê na obrigação de adiar, temporariamente, o Seminário “Todo dia é dia da mulher viver sem violência”, que seria realizado amanhã, 16, no Auditório do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO).
Considerando que a aglomeração de pessoas é inerente às atividades desta Escola, e que o evento reuniria mais de 180 pessoas, o adiamento visa preservar a saúde de todos os participantes e também da equipe envolvida, o que se ressalta o comprometimento da Emeron com os valores éticos de respeito à dignidade humana e profissionalismo na condição de suas ações.
Pedimos desculpas pelos transtornos causados pelo adiamento e contamos com a presença de todos na nova data que será definida e informada previamente.
Desembargador Miguel Monico Neto
Diretor da Emeron
Fonte: Ameron