Siga nossas redes sociais!

Hi, what are you looking for?

Capital

Semusa reinicia implantação dos núcleos de educação permanente

Comdecom

Devido a pandemia do novo coronavírus as ações estavam suspensas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) retomou as atividades para implantação dos Núcleos de Educação Permanente (NEPs) descentralizados na estratégia de saúde da família. Nos últimos dias, profissionais de saúde de três novas unidades passaram por ações de sensibilização como parte do trabalho de criação da metodologia de trabalho.

A implantação dos Neps é executada pelo Núcleo de Gestão da Educação Permanente (Nugep), responsável pelo desenvolvimento, articulação e integração das ações de ensino e serviço. O objetivo é articular conjuntamente as ações de educação permanente que permitam, a partir da problematização do processo e da qualidade do trabalho, identificar as necessidades de qualificação dos profissionais.

A Semusa iniciou a implementação dos Neps descentralizados em 2019 pelas unidades que atendem média e alta complexidades, como UPAs e Pronto Atendimentos. Em seguida a atenção se voltou para a implantação na estratégia de saúde da família, onde foram criados 25 Neps nas unidades básicas de saúde da zona urbana.

No início do ano a atividade foi retomada com foco na implantação dos Neps na área rural. Todas as unidades do eixo da BR-364 e Baixo Madeira foram visitadas com a conclusão do trabalho. No entanto, com a pandemia, as ações precisaram ser paralisadas para evitar aglomerações.

O trabalho foi retomado na última quinta-feira (16) quando o Nugep se reuniu com alguns servidores da Unidade Básica de Saúde de Novo Engenho Velho, na margem esquerda do Rio Madeira. Nesta segunda (20) foi a vez de das unidades Morrinhos e Palmares localizadas na RO 06, estrada de Joana D’arc.

A diretora do Nugep, Angelita Mendes, explica que as ações dos Neps são baseadas nos problemas enfrentados no dia a dia das unidades e levam em consideração os conhecimentos e as experiências dos profissionais que atuam in loco. “Os processos de educação permanente em saúde têm como objetivos a transformação das práticas profissionais e da própria organização do trabalho. As necessidades de formação e desenvolvimento dos trabalhadores são pautadas também pelas necessidades de saúde da população e da região onde estão inseridas”.

Ainda segundo Angelita, a retomada das atividades de implantação dos Neps está ocorrendo em observação as normas de segurança durante a pandemia como utilização de máscaras, reuniões com poucas pessoas e em locais arejados e sem causar aglomeração.

Nesta quarta-feira (22) a equipe do Nugep vai se deslocar às comunidades de Cujubim Grande e São Miguel para realizar o mesmo trabalho de sensibilização e implantação dos Neps. Cerca de dez unidades ainda receberão este trabalho para a implantação do núcleo. Após a criação de todos os Neps, a Semusa vai promover uma qualificação em educação permanente para todos os profissionais envolvidos neste trabalho.

Comdecom

Comente
Avatar
Escrito por:

Você pode gostar

Destaques

Fico encantado com uma parte música ‘´Piano Bar’, do grupo Engenheiros do Hawaii: “Na verdade nada é uma palavra esperando tradução”. A canção é...

Destaques

O Ministério Público do Estado de Rondônia e a Policia Civil deflagraram neste sábado, 6 de março de 2021, a terceira fase da Operação...

Capital

Já imaginou participar de uma sala de teatro virtual, similar ao real? Retirar seu ingresso, interagir com os personagens, ouvir a campainha de entrada...

Capital

Por causa do aumento no nível do rio Madeira, fenômeno natural nessa época do ano, a Prefeitura de Porto Velho decidiu mudar, temporariamente, a...