politica

Senador Confúcio irá conduzir debate sobre a evolução das vacinas contra o Coronavírus no Brasil

Assessoria

O senador Confúcio Moura (MDB/RO), que preside a comissão mista do Congresso Nacional de acompanhamento das medidas de combate à covid-19, irá conduzir nesta terça-feira (20), às 15h (horário de Brasília),  uma audiência para debater o plano de operacionalização da vacinação desenvolvido pelo Ministério da Saúde e a evolução das prováveis vacinas contra à Covid-19, prazos, necessidades e as possibilidades de imunização dos brasileiros.

Foram convidados  para o debate,  o diretor do Instituto Butantã, Dimas Tadeu Covas; o presidente da Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI) e pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Ricardo Gazzinelli; o vice-presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), Guilherme Werneck; e o presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná́ (Tecpar), Jorge Callado.

Confúcio Moura, acredita na importância da audiência pública, focando na relevância da imunização da doença, sem politizar os debates das vacinas. “Vamos ouvir especialistas, ouvir o Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), todos os institutos que estão pesquisando a vacina no Brasil. Eu tenho certeza que será de grande valia essa audiência pública, importante, histórica”, afirmou.

O senador afirmou que há vacinas que estão mais perto de um registro no país, porém, há questionamentos sobre o cumprimento dos prazos, bem como sobre a eficácia da imunização, que depende da potência da proteção que a substância poderá dar e de um planejamento de logística capaz de mitigar a transmissão e os impactos da doença, mesmo com um número de doses inicialmente limitado.

Confúcio Moura reafirmou que a resposta que todo mundo busca neste momento, é de uma vacina que comprove eficácia. ”Nós queremos é a vacina para o povo, e a primeira que chegar, pesquisada e que determinar nos organismos a imunidade, essa é a que nós vamos recomendar inicialmente”, afirmou.