Mundo

Serviço Secreto reforça segurança de Joe Biden na reta final da apuração

O Serviço Secreto dos Estados Unidos começou nesta sexta-feira a aumentar o número de agentes que protegem Joe Biden, o candidato do Partido Democrata à presidência do país, diante da possibilidade de que ele saia vencedor das eleições, segundo apurou o jornal “The Washington Post”.

O vice do governo de Barack Obama já contava com segurança fornecida pela agência federal americana desde março, quando aconteceu a indicação da legenda para concorrer à Casa Branca, enfrentando o atual presidente e candidato à reeleição, Donald Trump.

Por EFE