Destaques

Servidores da Saúde retornam ao trabalho

Rondoniagora

Na manhã desta quinta-feira (19), os presidentes do representativos do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem de Rondônia (Sinderon), Sindicato dos Trabalhadores no Poder Executivo do Estado de Rondônia (Sontraer) e Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado De Rondônia (Sindsaúde), decidiram suspender a ação grevista , na qual estavam reivindicando a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Servidores da Saúde (PCCR).

Em vídeo, o Presidente do Sinderon, Charles Alves, disse que a classe foi acusada de irresponsável por promover o movimento grevista por parte do Governo do Estado. Em resposta, informou que jamais os sindicatos tomariam tal atitude.

“Em momento algum fomos irresponsáveis, solicitamos que fosse feito uma escala de greve. Nós tivemos todos os cuidados necessários para a população não ficar desassistida. Estipulamos que nenhuma unidade referente ao COVID entrasse em greve”, afirmou Charles Alves.

A presidente do Sindsaúde, Célia Campos, informou que o sindicato já recorreu da decisão, juntamente com os demais sindicatos. “A nossa luta não vai acabar enquanto não chegarmos a um denominador comum”, afirmou Célia Campos.