Connect with us

Hi, what are you looking for?

Rondônia

Sindicato denuncia descaso da Superintendência do Banco do Brasil e questiona a sua restruturação

O Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (SEEB-RO) enviou ofício à Superintendência do Banco do Brasil no Estado na manhã de ontem, quarta-feira (13/11), solicitando informações a respeito dos impactos que serão gerados no Estado com mais uma profunda reestruturação, anunciada na segunda-feira (11), pelo vice-presidente de Gestão Financeira e Relações com Investidores do BB, Carlos José da Costa André, em matéria do jornal Correio Braziliense.

No entanto, até o momento a superintendência não prestou qualquer informação, mesmo quatro dias após o anúncio oficial da reestruturação, formada por dois programas de demissão voluntária – com meta de extinguir, pelo menos, cinco mil empregos – além do fechamento de centenas de agências e postos de atendimento ao público ainda neste primeiro semestre de 2021.

No documento enviado à superintendência do BB em Rondônia, o Sindicato questiona, entre outras coisas, se haverá, de fato:

a) Fechamento de agências

b) Quais agências serão transformadas em Postos de Atendimento (PA’s), quais serão transformadas em lojas BB (sem guichês de caixa)?

c) Qual a atual dotação de empregados no Estado e como ficará a dotação em cada agência?

d) E se haverá descomissionamento de empregados?

e) Quais agências terão os caixas extintos e onde serão realocados os caixas atuais?

“Estamos preocupados com mais essa medida extrema tomada pela administração do BB, pois ela vai afetar diretamente a vida de centenas de funcionários no Estado, impactando na qualidade do atendimento ao público nas agências que, por sua vez, há anos padecem com a falta de funcionários e os claros que jamais são preenchidos. Em vez de contratar mais, o Banco do Brasil quer é reduzir o número de funcionários e fechar agências, prejudicando toda a população que precisa da presença e dos serviços deste importante banco público. E essa demora em fornecer estes esclarecimentos representa, sobretudo, um desrespeito com esta entidade sindical que representa estes pais e mães de famílias que terão suas vidas afetadas negativamente com mais essa iniciativa súbita e danosa da instituição financeira”, avalia José Pinheiro, presidente do Sindicato.

SEEB

Faça um comentário

Você pode gostar

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...

Capital

Realizado nesta quarta – feira (07), um leilão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), na qual foram leiloados 22 aeroportos em 12...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Rondônia

O avanço da covid-19 mantém Rondônia ainda em situação crítica para doença e a população precisa ficar atenta às restrições implementadas pelo Governo de...