Rondônia

Suframa finaliza visita em Rondônia com foco em atração de investimentos e expansão do comércio

Terminou nesta quarta-feira (18) a visita da comitiva da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) em Rondônia. Organizada pela Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), a visita teve como foco o resgate do protagonismo da Suframa na região Norte, tema que norteou uma reunião realizada com órgãos ligados ao desenvolvimento regional no Palácio Rio Madeira.

O superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Alfredo Menezes, abriu a reunião fazendo um retrospecto do que era a Suframa nos anos anteriores, em que a atuação no desenvolvimento regional era pequena. “Perdemos nosso papel de catalisador e fomentador do desenvolvimento regional a partir de 2002, quando o governo federal resolveu contingenciar todos os recursos da Suframa e trocar por emendas parlamentares”, ressalta Alfredo.

O superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Alfredo Menezes.

A visita faz parte de um esforço para recuperar o protagonismo do órgão. Segundo Alfredo, o presidente Jair Bolsonaro deu autonomia administrativa para que ele monte uma equipe que olhe para toda a região, e não apenas para o Amazonas, e que há uma expectativa de descontingenciamento dos recursos depois da reforma da previdência, o que iria beneficiar toda a região. 

Na terça-feira (17), a Suframa visitou a Área de Livre Comércio (ALC) de Guajará-Mirim, em que empresas, ali instaladas, podem usufruir de incentivos tributários. Na reunião, foram levantadas problemáticas relacionadas à ALC, como cadastramento ilegal, empresas de fachadas e fraudes, que agora estão se adaptando para atender corretamente a legislação.

A Federação do Comércio de Rondônia demonstrou interesse com outra área de atuação da Suframa, o fomento ao turismo. Alfredo pediu para que os órgãos responsáveis apresentem projetos. “O sucesso é quando o preparo encontra a oportunidade”, ressaltou ao demonstrar confiança na capacidade técnica do governo de Rondônia.

Com a finalização da visita, a equipe da Suframa pôde perceber a aptidão de Rondônia para ser o centro do Brasil. “Rondônia é estratégico. Tudo é ponto de passagem por aqui. Temos que olhar para essa região. Vejo o estado com potencial enorme”, disse Alfredo, pedindo apoio dos órgãos estaduais para trabalhar junto com a Suframa.

O Superintendente da Sedi, Sérgio Gonçalves.

Um dos órgãos que serão mais beneficiados com essa aproximação é o Departamento de Estradas, Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos (DER). “Há oportunidade de investimentos nos nossos aeroportos, vias hidroviárias, recuperação da malha rodoviária e vários outros pontos”, ressaltou o diretor geral, Erasmo Meireles, que aproveitou para apontar alguns avanços da área, como o alfandegamento do aeroporto de Porto Velho, que está em fase de conclusão.

“Trazer a Suframa para Rondônia foi essencial para colocar o estado no foco do desenvolvimento nacional. Nós temos potencialidades enormes, como demonstrada durante toda essa visita, e perceber que o governo federal está buscando uma integração maior anima não só a Sedi, mas todos que querem ver Rondônia se desenvolver”, finalizou o Superintendente da Sedi, Sérgio Gonçalves.

Os próximos passos dessa aproximação com a Suframa envolve a criação de projetos e também dar maturidade aos pleitos ligados ao desenvolvimento regional, através da Sedi e outros órgãos do governo estadual.

Comentários

Fonte
Texto: Devanil JúniorFotos: Frank NérySecom - Governo de Rondônia
Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios