Capital Destaques

Taxa de ocupação de leitos de UTI cai para 84,6% em Porto Velho

Em uma coletiva de imprensa realizada na tarde de sexta-feira (03), o secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, anunciou a implantação de mais 10 leitos de UTI específicos paciente com a Covid-19 no hospital de campanha de Porto Velho.

De acordo com a Sesau, Porto Velho atualmente conta com 17 leitos vagos de UTI,  sendo um no Cemetron, 12 no hospital de campanha, dois na Unidade de Assistência Médica Intensiva (AMI), um no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro e um no Hospital João Paulo II.

Conforme a informação do secretário, o Governo está gradativamente aumentando a quantidade de leitos de UTI. Atualmente, Rondônia conta com 157 leitos de UTI específicos para pacientes com o Coronavírus. “Por mais que estejamos aumentando os leitos de UTI, as nossas taxas de ocupação não tem regredido como nós queríamos. Nesse momento, estamos com 84% dos nossos leitos ocupados em Rondônia. Isso nos preocupa bastante”, disse Fernando Máximo.

A quantidade de leitos, conforme o chefe da pasta, pode mudar a todo instante com entrada ou saída de pessoas nos leitos de UTI.