Connect with us

Hi, what are you looking for?

Destaques

Teixeirão: o governador de Rondônia – Por Rita Vieira

Jorge Teixeira de Oliveira foi o último governador do Território Federal de Rondônia e o primeiro do Estado de Rondônia, sendo o responsável pela transição política da região. Essa figura imponente e emblemática da História de Rondônia vai completar no dia 01 de junho de 2021, seu primeiro centenário de existência.

Teixeirão, como ficou carinhosamente conhecido, nasceu no Rio Grande do Sul e terminou sua vida no Rio de Janeiro, lugar em que faleceu na data de 28 de janeiro de 1987. De Rio à Rio, também se fez presente nos rios da Amazônia, foi prefeito nomeado de Manaus, onde fundou a escola militar e depois , por confiança e respeito, foi escolhido como governador para o Território Federal de Rondônia com a missão de elevar o tal território à categoria de Estado.


Jorge Teixeira além de ser da confiança do Presidente João Batista Figueiredo, contava com o apoio do Ministro Mário Davi Andreazza, que sempre que possível intermediava os pedidos de Teixeirão ao presidente.

Ele governou o Território de 20 de março de 1979 à 22 de dezembro de 1981, quando criou o Estado de Rondônia, através da lei complementar n° 041, tornando-se governador do Estado, de 04 de janeiro de 1982, data da implantação até 14 de maio de 1985. Fez muitas benfeitorias e obras de infraestrutura para o recém-nascido Estado, conseguiu trazer para Rondônia as verbas do programa de desenvolvimento Polonoroeste, promovendo a pavimentação da BR-364, foi responsável pela permissão para construção da usina hidrelétrica de Samuel, implantação da Teleron (empresa de telefonia). Assim que tomou posse providenciou a criação do tribunal de contas de Estado e da implantação do tribunal de justiça, aparatos legais e legítimos para o funcionamento do novo Estado.
Foi responsável, ainda, pela construção e inauguração do Hospital de base Ary Pinheiro e do CEMETRON, contou com pessoas e políticos muito competentes à época em sua equipe de gestão, como Chiquilito Erse, Dr. José Adelino que foram seus secretários.


Seu governo estadual perpassa por diversas curiosidades interessantes: foi o único governador do estado a não ser acusado de nenhum ato de corrupção e também o primeiro dessas paragens do poente a confiar o governo à uma mulher em sua ausência para tratamento de saúde, a ex-governadora Janilene Melo.

Em 1981,Teixeirão reativou o passeio da Madeira-Mamoré de Porte Velho a Santo Antônio, que estava em total desativação desde sua erradicação em 1972. Foi casado com Aida Teixeira, sua esposa e companheira de toda uma vida militar e política, que faleceu em meados do ano de 2020.

Rita Vieira

Formada em História pela Universidade Federal de Rondônia (Unir), professora de História na Escola João Bento da Costa e Medquim Vestibulares, especialista em Segurança Pública e Direitos Humanos, além de estudiosa e pesquisadora da História Regional.

Contato: ritaclaravieira@gmail.com

Faça um comentário

Você pode gostar

Brasil

    Na minha contínua necessidade de “ler o mundo”, um dos caminhos é a leitura de jornais. Essa “troca de ideias” com pessoas...

Capital

Profissionais de saúde que estão em atividade nas unidades médico-hospitalares públicas e privadas que atendem pacientes diagnosticados com a Covid-19 continuam sendo imunizados pela...

Cultura

Oi, aqui é o Álisson, prazer, quem me conhece pessoalmente sabe que sou bocudo  –  em várias variáveis, inclusive. Começo pelo meu fenótipo: boca...

Capital

Fundado oficialmente apenas em 1914, o bairro Triângulo é o mais antigo de Porto Velho, abrigava os trabalhadores da Estrada de Ferro Madeira Mamoré,...