Economia

Toyota fechará terceiro turno de fábricas, com demissão de mais 500 funcionários

A Toyota do Brasil irá encerrar o terceiro turno das fábricas de Sorocaba e Porto Feliz, no interior de São Paulo, a partir de 05 de agosto. Com isso, a montadora extinguirá mais 500 cargos nas duas unidades. A marca informou que as vagas eram temporárias e não serão mantidas. Em maio, a empresa havia reduzido outros 340 postos.

Segundo a Toyota, por conta da queda das exportações (cerca de 30% da produção de Sorocaba era exportada e, 93% dela, para a Argentina, que vive grande crise financeira) e da variação cambial, a empresa precisou fazer ajustes na produção conforme atual demanda de mercado e, com isso, fechar o terceiro turno das duas fábricas.

A empresa informa ainda que, quando abriu o terceiro turno, as vagas foram contempladas de caráter temporário e, com a decisão do encerramento, 400 contratos de colaboradores em Sorocaba e 100 em Porto Feliz não serão renovados. A Toyota afirma que todas as pessoas envolvidas nesta situação terão o suporte e o respeito por parte da empresa.

Por conta das novas demissões, o Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal), informou que não irá negociar mais as alterações no calendário, que estavam sendo discutidas com a empresa.

Segundo o SMetal, a pauta era para rever benefícios dos trabalhadores da planta de Sorocaba, como adicional noturno, reajuste salarial, e mais 18 itens para que a planta pudesse se adequar à queda na exportação de automóveis para a Argentina.

Comentários

Fonte
O Rondoniense/Diário do Poder
Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios