Mundo

Transporte aéreo global terá prejuízo de US$ 157,2 bilhões até 2021, diz IATA

O transporte aéreo global terá neste ano um prejuízo líquido de US$ 118,5 bilhões e, mesmo que a situação melhore em 2021, deverá fechar o ano que vem no vermelho, com perdas de US$ 38,7 bilhões, antecipou nesta terça-feira a Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA, na sigla em inglês).

As perspectivas negativas para um dos setores mais atingidos pela pandemia do novo coronavírus, anunciadas na assembleia geral anual da IATA, pioram as previsões feitas em junho, quando a associação previu prejuízo líquido de US$ 84,3 bilhões para 2020 e de US$ 15,8 bilhões em 2021.

Por EFE