Mundo

Trump acusa imprensa de “criar” violência nos EUA com “fake news”

O Rondoniense Trump acusa imprensa de "criar" violência nos EUA com "fake news"
O Rondoniense Trump acusa imprensa de "criar" violência nos EUA com "fake news"
Above

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusou nesta sexta-feira diretamente os meios de comunicação de serem responsáveis pela violência no país com suas informações “falsas”, depois do massacre em uma sinagoga em Pittsburgh e do envio de bombas caseiras a várias destacadas figuras democratas.

“Você está criando violência com a sua pergunta. Os meios de comunicação das ‘fake news’ estão criando violência”, afirmou Trump na Casa Branca antes de viajar para os estados de Virgínia Ocidental e Indiana como parte da campanha para as eleições legislativas da próxima terça-feira.

Trump respondeu assim a uma pergunta sobre se considerava que sua agressiva retórica contra seus oponentes políticos tinha alimentado o ambiente de polarização que o país vive sob seu mandato.

“Muitos jornalistas criam a violência ao não escrever a verdade (…) Se os veículos de imprensa escrevessem de maneira imparcial e exata, haveria muito menos violência no nosso país”, declarou.

Nesta quinta-feira, Trump ameaçou responder com contundência contra a caravana de migrantes que se dirige aos Estados Unidos e que qualificou como “invasão”.

“Não disse atirar. O que não quero é que essa gente lance pedras. Se fizerem isso, serão detidos”, disse hoje o governante, depois de ter indicado nesta quinta-feira que, se os agentes americanos forem atacados, responderão e, nesse sentido, pediu que os soldados considerassem as pedras “como uma espingarda”.

No sábado passado, 11 pessoas que estavam em sinagoga em Pittsburgh (Pensilvânia) morreram ao serem baleadas por um homem enquanto pronunciava frases antissemitas.

Antes disso, as autoridades tinham interceptado uma série de bombas caseiras destinadas a várias figuras democratas, como o ex-vice-presidente Joe Biden e o presidente Barack Obama, cujo suposto autor era um homem da Flórida partidário de Trump.

No dia próximo dia 6 de novembro serão realizadas eleições legislativas nas quais serão renovados toda a Câmara de Representantes e um terço do Senado, e nas quais os republicanos buscam manter a maioria em ambas casas.

EFE Washington

Below