Destaques Rondônia

Últimas informações sobre coronavírus no Estado de Rondônia

Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), informou nesta quarta-feira (01), que os dois primeiros casos confirmados de COVID – 19, em Rondônia já estão curados. Os pacientes seguiram as orientações médicas e já cumpriram a quarentena.

Em relação aos exames, há outros 179 aguardando resultado e 446 casos descartados.

PORTO VELHO

A prefeitura abriu mais de 270 vagas emergenciais na área da saúde para reforçar as medias contra o novo coronavírus.

São vagas para médico, biomédico, bioquímico, farmacêutico, enfermeiro, técnico de enfermagem, técnico de laboratório, técnico de radiologia, auxiliar de farmácia, assistente administrativo, técnico de enfermagem e médico radiologista.

Para acessar o Edital, clique aqui.

ARIQUEMES

Alunos e professores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (Ifro) estão imprimindo máscaras em 3D, produzindo mais de 400 litros de álcool em gel e diversos outros insumos para “lutar” contra o novo coronavírus.

Os produtos serão doados a hospitais, abrigos, asilos e pessoas em situação de vulnerabilidade social.

VILHENA

A Secretaria Municipal de Saúde está investigando a morte de um paciente de 73 anos que estava com suspeita do novo coronavírus. Ele estava internado no Hospital Regional e acabou não resistindo.

A prefeitura de Vilhena informou que o paciente testou positivo para a gripe H1N1, mas não descarta a possibilidade que o idosa também possa ter pegado a Covid-19.

O exame para coronavírus ainda está sendo feito no Lacen, em Porto Velho.

GUAJARÁ – MIRIM

A barreira sanitária na fronteira de Guajará-Mirim permanecerá até o dia 17 de abril. Guajará-Mirim e Nova Mamoré realizam triagem na BR com passageiros que chegam na região. Prefeitura de Guajará informou, por meio de novo balanço, que subiu para 4 o número de casos suspeitos de Covid-19 no município.

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) divulgou nesta semana o “Disque Corona” com o objetivo de tirar dúvidas de moradores sobre a Covid-19 antes de procurarem as unidades de saúde de Rondônia.

–:–/–:–