O Rondoniense
Capital Destaques Especiais Rondônia

Veja quais serviços sofreram alteração em Rondônia

Foto? Divulgação

Diversas ações estão sendo adotadas por órgãos públicos e empresas do setor privado para evitar a contaminação pelo novo coronavírus em Rondônia. O Governo do Estado decretou na última segunda-feira (16) situação de emergência em saúde pública pelo período de 180 dias. A Prefeitura de Porto Velho também decretou emergência nesta quarta-feira (18).

Com o decreto, eventos, treinamentos, reuniões ou qualquer atividade que reúna mais de 100 pessoas foram proibidos; além de viagens oficiais (exceto quando for necessidade pública). O governo também proibiu atividades coletivas de cinema e teatro e atividades físicas em locais fechados, como academias.

Confira quais outros serviços tiveram alteração no estado:

Hospitais

  • As visitas a hospitais serão regulamentadas pelas respectivas secretarias municipais de saúde.
  • Hospitais estaduais tiveram alteração nas regras de visitação.
  • O Hospital Regional de Vilhena (RO) suspendeu visitas após suspeita de coronavírus na cidade. A proibição vale por 30 dias.

Escolas e faculdades

  • As aulas da rede estadual e de vários municípios do interior foram suspensas por 15 dias, a partir desta terça-feira (17), conforme decreto da Secretaria de Educação.
  • Várias faculdades de Porto Velho também seguiram o decreto e suspenderam as aulas, como a faculdade FIMCA, São Lucas e Uniron.
  • rede municipal de Porto Velho suspendeu as aulas nesta terça-feira. A pausa será, inicialmente, de 15 dias.
  • A partir desta quarta-feira (18) as aulas também foram suspensas na rede privada na capital.
  • O Instituto Federal de Rondônia (Ifro) também não vai desenvolver atividades presenciais até 13 de abril.
  • Já a Universidade Federal de Rondônia (Unir) diz que as aulas serão paralisadas a partir desta sexta-feira (18).

Transportes

  • Para conter gastos durante a pandemia, a Azul Linhas Aéreas está readequando sua frota e, nesta terça-feira, a empresa suspendeu o voo entre Porto Velho e Manaus.

Presídios

  • A Sejus proibiu, pelos próximos 30 dias, as visitas íntimas nos presídios de Rondônia. Além disso, a visita social foi reduzida e acontecerá a cada 15 dias (seguindo uma triagem obrigatória). Já advogados terão que atender seus clientes em parlatórios, a um metro e meio de distância um do outro.

Órgãos públicos

  • Ministério Público passa a atender em horário reduzido, das 7h às 13h, entre os dias 19 de março e 18 de abril. As demandas recebidas após esse horário serão encaminhadas ao plantão ministerial. Confira os telefones para contato.
  • Tribunal de Justiça informou nesta quarta-feira (18) que estão suspensas todas as sessões de julgamento presencial da 1ª Câmara Cível dos dias 24 e 31 de março e da 2ª Câmara Cível de 18 a 25 de março. O atendimento ao público é realizado das 7h às13h.
  • Os atendimentos foram reduzidos na Polícia Federal nas cidades de de Porto Velho, Ji-Paraná, Vilhena e Guajará Mirim. As emissões de passaportes foram adiadas e os atendimentos a imigrantes são estão sendo realizados em casos de regularização migratória para exercício inadiável de direitos essenciais.
  • Atendimento ao público nos prédios da Prefeitura de Porto Velho está suspenso por 15 dias.
  • Atendimento ao públicos está suspenso por 15 dias no Palácio Rio MadeiraTudo Aqui e Sine.

Praças e parques

  • A prefeitura de Porto Velho anunciou nesta quarta-feira (18) que as visitas ao Parque Natural e ao Parque Adelino da Silva, o antigo Parque Circuito, estão suspensas. A previsão é que as atividades voltem ao normal dentro de 15 dias.

Comércio e indústrias

  • As empresas do comércio seguem abertas, mas o governo diz que estabelecimentos comerciais e industriais precisarão disponibilizar álcool em gel 70° em área visível e de fácil acesso.
  • Teatros, cinemas, boates, danceterias, academias e estabelecimentos de entretenimento de ambiente fechado tiveram o alvará suspenso e não podem funcionar até o início de abril em Porto Velho.
  • Os shoppings de Porto Velho estão com horário de funcionamento reduzido: das 12h às 21h.

Serviços em geral

  • As bibliotecas municipais Francisco Meirelles e Viveiro das Letras estão com o atendimento suspenso em Porto Velho até o dia 30 de março.
  • O atendimento para cadastramento de interessados em castrar cães ou gatos foi suspenso na sede da Secretaria Municipal de Integração (Semi). No entanto, o serviço continua disponível pelo (69) 98473 3320. O departamento responsável fará a convocação para a entrega da guia de encaminhamento ao procedimento de forma limitada, para evitar aglomeração no local.
  • Em Vilhena, Secretaria Municipal de Assistência Social informou que o atendimento nos setores de Cadastro Único, Bolsa Família e Emissão de RG serão realizados através de agendamento, e que idosos serão atendidos em casa. Dúvidas e agendamentos pelo (69) 3321-1232.

Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde

CIEVS municipal de Porto Velho

3901-2835 – Funcionamento das 8h às 18h
0800 647 1010 – Funcionamento 24h

CIEVS/Agevisa
3216-5398 – Funcionamento das 7h30 às 13h30
0800 642 5398 – Funcionamento 24h

Somente o Cievs Municipal de Porto Velho faz a coleta na residência, se for o caso.

Nos demais municípios a estratégia de coletas fica por conta das vigilâncias em saúde municipais.

Below