Início Interior VISITANDO PATROCÍNIO-MG, COMISSÃO DO IFRO CAMPUS CACOAL CONHECE A IMPORTÂNCIA DA INDICAÇÃO...

VISITANDO PATROCÍNIO-MG, COMISSÃO DO IFRO CAMPUS CACOAL CONHECE A IMPORTÂNCIA DA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA -IGPARA O CAFÉ DE RONDÔNIA

No intuito de conhecer e compreender a importância da implantação do Indicador Geográfico

VISITANDO PATROCÍNIO-MG, COMISSÃO DO IFRO CAMPUS CACOAL CONHECE A IMPORTÂNCIA DA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA -IGPARA O CAFÉ DE RONDÔNIA ORondoniense
VISITANDO PATROCÍNIO-MG, COMISSÃO DO IFRO CAMPUS CACOAL CONHECE A IMPORTÂNCIA DA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA -IGPARA O CAFÉ DE RONDÔNIA ORondoniense
No intuito de conhecer e compreender a importância da implantação do Indicador Geográfico – IG em relação ao café em Rondônia trabalho que vem sendo empreendido em nossa região pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) órgão do Ministério da Indústria e Comércio por meio da empresa AJLIMA – Estratégias em Agronegócios e parceria de vários Municípios e Entidades, dentre as quais o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia – IFRO Campus Cacoal, uma Comissão composta pelo Diretor Geral IFRO Campus Cacoal Prof. Davys Sleman de Negreiros, Diretor de Planejamento e Administração Prof. Edmilson Maria de Brito, Chefe do Departamento de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão Prof. Dierlei dos Santos, Coordenador do curso de Agroecologia Prof. Rodolfo Gustavo Teixeira Ribas, Coordenador do Laboratório de Solos Prof. Leonardo dos Santos Franca Shockness e o Engenheiro Agrônomo Arnaldo Libório Santos Filho, visitaram a cidade de Patrocínio-MG na Região do Cerrado Mineiro, onde esta implantado a Indicação Geográfico “Região do Cerrado Mineiro – Denominação de Origem”. 
A equipe conheceu e participou de atividades na Federação dos Cafeicultores do Cerrado, na qual visitaram o Campo Experimental da EPAMIG onde está instalado o Centro de Excelência do Café, posteriormente estiveram na Associação dos Cafeicultores da Região de Patrocínio – ACARPA, na Cooperativa dos Cafeicultores do Cerrado – EXPOCACCER e na Associação dos Pequenos Produtores do Cerrado – APPCER, em todas as entidades, cada qual com suas peculiaridades puderam ratificar a necessidade e imprescindível importância da implantação da Indicação Geográfica para o desenvolvimento da região do Cerrado Mineiro. De acordo com Prof. Davys Sleman de Negreiros, “tendo em vista que a Indicação Geográfica – IG é usada para identificar a origem de produtos e/ou serviços quando o local tenha se tornado conhecido ou quando determinada característica ou qualidade de um produto ou serviço se deve sua origem como é o caso do nosso café, o robusta, pudemos aprender e conhecer in loco, em cada entidade, a grande importância que o IG gerou na região, não somente no aspecto econômico, mas, social, político e cultural, foi uma experiência única pelo aprendizado, a amizade e parcerias geradas e que queremos juntamente com a ABDI multiplicar em nosso Estado”.
Campus Cacoal