Brasilpolitica

Wajngartem puxou o tapete do general

É claro que, na conversa com os dois únicos senadores presentes à audiência na comissão de Transparência, Governança e Fiscalização do Senado, o titular da secretário especial de Comunicação do Planalto,  Fábio Wajngarten, não estava juramentado para falar somente a verdade.

Mas não precisava mentir tão descaradamente, ao negar qualquer ingerência dos pimpolhos do presidente e de seu guru, o “171” idiota e desbocado, Olavo de Carvalho na comunicação do governo e na queda do general Santos Cruz da chefia da Secretaria de Governo.

Alinhado com o vereador Carlos Bolsonaro, o “Carlutcho”, de quem partiu sua indicação para o cargo, Wajngartem soube aproveitar bem o acesso facilitado ao presidente, sem passar pelo general que, a rigor, seria seu chefe imediato. Foi fatal!

Escrevi sobre isso à época da posse de Wajngartem: Santos Cruz começou a cair naquele momento.  Advogado, publicitário e empresário, ele gerencia as verbas de comunicação e publicidade, além do atendimento à imprensa. Um perigo!

Comentários

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios